Plantão RN

PIS/PASEP: 7º lote do Abono Salarial começa a ser pago, veja se você tem direito

Os trabalhadores que têm direito ao saque do sétimo lote do PIS/Pasep ano-base 2016 podem começar a retirar o dinheiro a partir desta quinta-feira (18). O Ministério do Trabalho vai liberar mais de R$ 2 bilhões para cerca de 3,6 milhões de trabalhadores. Quem nasceu em janeiro e fevereiro e trabalha na iniciativa privada receberá o recurso pela Caixa. Já os servidores públicos com inscrições de final cinco recebem pelo Banco do Brasil. 

Quem tem direito

O Abono Salarial Ano-Base 2016 é pago a quem estava inscrito há pelo menos cinco anos no PIS/Pasep e trabalhou formalmente por pelo menos um mês naquele ano, com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, é preciso que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Valor pago

O valor do benefício varia de R$ 80 a R$ 954, de acordo com o tempo trabalhado no ano-base. Para  receber o valor cheio, é necessário ter trabalhado formalmente durante todo o ano de 2016 com rendimento médio de até dois salários mínimos. Quem trabalhou um mês, por exemplo, com esses mesmos pré-requisitos, recebe 1/12 do valor, e assim sucessivamente.

Calendário

Depois do pagamento que começa nesta semana, outros dois lotes ainda serão pagos pelo Ministério do Trabalho:

22 de fevereiro: começam a ser liberados os recursos para quem nasceu em março e abril, além de servidores com inscrições de finais seis e sete.

15 de março: começam a receber quem faz aniversário em maio e junho e servidores com inscrições finalizadas em oito e nove.

29 de junho: prazo final para saque.

Como sacar

PIS: quem tiver o Cartão Cidadão e senha cadastrada pode ir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, apresentando documento de identificação. 

PASEP: os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação.