Plantão RN

Modelo que teve perna amputada por causa de absorvente pode ter que amputar a outra

Uma modelo que perdeu sua perna direita para a síndrome do choque tóxico causado por um absorvente interno revelou que é “inevitável” que ela também perderá a perna esquerda.

Lauren Wasser, 29, quer que outras mulheres estejam conscientes dos perigos do uso de absorventes depois que ela quase morreu em 2012.

Ela começou a experimentar sintomas semelhantes a gripe, mas rapidamente se transformou em uma infecção potencialmente mortal.

Wasser sofreu um ataque cardíaco, seus rins falharam e gangrena se juntou, deixando os médicos sem escolha senão amputar sua perna direita e alguns dedos no pé esquerdo.

“Meu pé esquerdo tem uma úlcera aberta, sem calcanhar e sem dedos”, escreveu ela no InStyle. “Estou com uma dor excruciante diariamente”.

“Em alguns meses, inevitavelmente vou ter a minha outra perna amputada. Não há nada que eu possa fazer sobre isso. Mas o que posso fazer é ajudar a garantir que isso não aconteça com os outros “.

Wasser está agora pressionando por uma legislação que instou os Institutos Nacionais de Saúde nos EUA a realizar mais pesquisas sobre se os produtos de higiene feminina, como os absorventes internos, são seguros.

Ela é uma forte defensora de um projeto de lei chamado Robin Danielson Act, nomeado após uma mulher que morreu de choque tóxico em 1988, pedindo aos fabricantes de produtos de higiene feminina que divulguem completamente o que está em seus produtos. Com informações do R7.