• Plantão Recôncavo News

    sábado, 25 de novembro de 2017

    Mulher de traficante comemora liberdade no Facebook e horas depois é surpreendida

    Nunca comemore a vitória antes da hora, diriam os mais antigos. Foi isso que aconteceu com a suspeita de tráfico Victoria da Silva Toss, de apenas 19 anos, que havia sido presa por tentar transportar drogas para o marido que está detido em presídio no Rio de Janeiro. 

    Já na última quinta (23), após audiência, a mulher foi libertada e até chegou a fazer uma postagem no Facebook, afirmando que "juiz é Deus". No entanto, horas depois, a moça foi novamente presa. Dessa vez, foi pega em uma boca de fumo em Boa Vista. 

    Para comemorar a liberdade conquistada, Victoria tinha feito a selfie em frente ao prédio do Fórum Criminal Dr. Evandro Lins e Silva, afirmando que "o promotor é só um homem". No mesmo dia, a suspeita continuou com as postagens na rede social, inclusive compartilhando a foto do alvará de soltura, que convertia a prisão domiciliar em liberdade provisória. No entanto, Victoria não soube usar muito bem essa liberdade. 

    Horas depois, a jovem estaria sendo presa pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE). A mulher foi encontrada com mais duas pessoas na Zon Zona Norte do Rio de Janeiro vendendo drogas em uma boca de fumo. 

    A suspeita é de que os três façam parte de uma facção criminosa, e não que Victoria é apenas a esposa de um presidiário. Na residência foi encontrado pacotes de maconhas e pasta base para cocaína. Além disso, os policiais verificaram que haviam crianças e adolescentes convivendo no imóvel usado para vender as drogas. 

    Parece que depois do ato, o alvará de Victoria não vale mais nada. A assessoria do Tribunal de Justiça afirmou que a prisão preventiva da jovem foi decretada por causa da reincidência de crime, ainda mais em um curto período de tempo. A suspeita de tráfico foi levada para Cadeia Pública feminina do Rio de Janeiro. 

    O primeiro crime havia acontecido ainda em agosto deste ano, quando a suspeita tentou entrar na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo com dois pacotes de maconha dentro das calças. A jovem foi pega no raio-x da unidade. A jovem foi autuada na delegacia, mas passou a cumprir prisão domiciliar, conforme decisão judicial. Com informações do News365.