• Plantão Recôncavo News

    quinta-feira, 19 de outubro de 2017

    Prefeitura de Salvador entra com ação de execução fiscal contra o Vitória por dívidas com o terreno do Barradão

    A Prefeitura de Salvador entrou com ação de execução fiscal contra o Esporte Clube Vitória por conta de dívidas com o terreno do Barradão. Na ação, a prefeitura cobra o valor de R$ 4.304.542,74 referentes ao Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) dos anos de 2014, 2015 e 2016. 

    O jurídico do Clube negou tal dívida. Existe a informação de que está em andamento uma execução fiscal movida pelo município de Salvador contra o Vitória, cujo valor gira em torno de R$ 4.304.542,74, incluindo juros, multa e taxa de lixo, referentes aos exercícios de 2014 a 2016. 

    Não foi à toa que a dívida teria atingido tal valor. O IPTU do Barradão teria passado por um aumento de cerca de 1000%, indo de R$ 81.566,75, em 2013, para R$ 912.617,33, em 2014. De acordo com o advogado, está “tudo regularizado”: “tem vários parcelamentos em andamento e o clube vem pagando em dia desde quando o presidente Ivan Almeida assumiu e agora tem o segundo parcelamento com o presidente Agenor Gordilho”. Entretando, a prefeitura já deu entrada na execução, conforme documento abaixo. O Vitória pode perder o Barradão. Com informações do BNews.