• Plantão Recôncavo News

    segunda-feira, 30 de outubro de 2017

    Homem é preso após transmitir HIV propositalmente para 32 mulheres

    Um italiano foi condenado a 24 anos de prisão por ter transmitido HIV propositalmente para 32 mulheres em menos de 10 anos. Ele seduzia as vítimas através de sites de relacionamento e redes sociais. O julgamento terminou na última sexta-feira (27). 

    Os investigadores conseguiram localizar 53 mulheres que se envolveram com Valentino Talluto entre o momento em que ele descobriu ser soropositvo, em 2006, até sua prisão, em 2015. Entre todas elas, 32 foram contaminadas, além dos parceiros de três mulheres e o bebê de outra.

    As vítimas disseram que o condenado pedia para não usar preservativo porque era alérgico, e afirmava que tinha acabado de fazer o exame de HIV. Os alvos do conquistador tinham entre 14 e 40 anos, e a maioria era estudante. Talluto chegava a manter seis relacionamentos ao mesmo tempo. 

    A defesa afirmou que o contágio não foi intencional, e que as mulheres poderiam ter sido infectadas por outros homens. O preso alegou que não tinha consciência dos atos, que apresentou as mulheres aos seus amigos e parentes. 

    “Disseram que eu queria infectar a maior quantidade de pessoas possível. Se fosse assim, teria buscado sexo casual, não teria introduzido elas na minha vida”, afirmou ele. Fonte: BBC.