• Plantão Recôncavo News

    terça-feira, 31 de outubro de 2017

    FLAGRANTE: Estuprador é pego no mato com criança e homem filma tudo

    Um homem de 56 anos entregou-se para a polícia da cidade de Paudalho, em Pernambucano, na última sexta-feira (27) após ter estuprado uma menina de 13 anos em uma mata da localidade. O que fez o suspeito entregar-se foi o medo de ser linchado pela população, que descobriu onde o crime aconteceu e ainda gravou o criminoso afirmando que estava apenas "conversando" com a criança. 

    O vídeo acabou viralizando nas redes sociais e mostra como estar o suspeito que cometeu o crime na última quinta-feira (26). Conforme informações policiais, o homem apresentou-se a polícia ainda às 6h, afirmando que ele aparecia num vídeo que estava sendo muito visto na internet. 

    Ainda de acordo com as autoridades, o suspeito afirmou que apenas estava no local na hora errada, mas que não teria cometido o crime. O homem de 56 anos havia se entregado porque queria preservar a sua integridade física. No entanto, logo a polícia percebeu que tratava-se do abusador acusado pela menina e o prendeu de maneira definitiva. 

    A descoberta foi feita quando o depoimento do agressor não estava nem um pouco parecido com com o da vítima. Além disso, a garota apresentava uma série de lesões pelo corpo. Conforme as autoridades locais, o mesmo homem havia sido preso ainda em 2014 pelo mesmo tipo de crime. 

    Porém, foi liberado após cumprir uma curta pena.  Como pode ser visto no vídeo, um homem não identificado começa a confrontar o suspeito, pedindo o que ele estava fazendo "no meio do mato" com uma criança de 13 anos. 

    O agressor então afirma que não estava fazendo nada, que estava apenas conversando. Nesse momento, um outro homem pega um papelão que estava escondendo a menina. Na hora, a criança corre contra o mato. Os homens, então, seguem confrontando o suspeito, que em defensiva, consegue apenas responder que estava conversando com a menina. 

    No vídeo, o grupo mostra também como o local estava limpo, identificando que já pode ter sido usado mais vezes pelo agressor. Nas redes sociais, a população mostrou-se indignada com o fato, pedindo que dessa vez, a justiça prenda o suspeito por mais tempo. Veja o vídeo: