• Plantão Recôncavo News

    quinta-feira, 5 de outubro de 2017

    Cruzalmense Militar da Marinha desaparece no Rio de Janeiro

    O Cruzalmense militar da Marinha, Marcus Vinicius Barbosa Quaresma, de 25 anos, está desaparecido desde sábado. O rapaz foi visto pela última vez em Barros Filho, na Zona Norte do Rio. Ana Carolina Barbosa Quaresma, 35 anos, irmã do militar, disse que Marcus estava em um aniversário com os amigos e saiu de lá em direção à Penha, também na Zona Norte, onde teria um encontro amoroso com uma mulher que havia conhecido por meio de um amigo. 

    "Já falamos com a mulher que ele encontraria. Ela nos mostrou a conversa no WhatsApp. Ele teve o último contato com ela às 0h54, disse que estava dentro do ônibus e que ela deveria encontrá-lo em frente à Casa do Marinheiro. Ela nos disse que a mensagem de volta não chegou e por isso ela não foi ao encontro. A partir daí não temos mais notícias", disse Ana Carolina. Segundo Ana Carolina, que veio da Bahia a procura do irmão, o caso foi registrado na 22º DP (Penha) e as investigações estão previstas para começar nesta quarta-feira. 

    "A Marinha e a polícia ainda não trabalham com hipóteses. A polícia só nos disse que o bairro em que ele estava é muito perigoso, que há várias possibilidades, como de ele estar em algum lugar desacordado ou até mesmo de ter acontecido algo mais grave. Só sabemos que ele estava sem identificação de militar". a Marinha informou que Marcus Vinícius, matriculado no Curso de Especialização para Praças, não se apresentou para realizar estágio no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk, que teve início na segunda-feira. 

    "A família informou ao CIAA que Marcus encontra-se desaparecido desde a madrugada de domingo, tendo sido o fato registrado na 22ª DP. o CIAA participa que adotou medidas administrativas para tentar localizar o Marinheiro e está prestando apoio à família", completou, em nota. A Polícia Militar e a Polícia Civil foram procuradas desde o começo da tarde desta quarta-feira e não responderam. Com informações do Portal O Dia.