• Plantão Recôncavo News

    quarta-feira, 25 de outubro de 2017

    Cinco ex-integrantes da New Hit voltam a ser presos; três são procurados

    Cinco dos oito ex-integrantes da extinta banda New Hit condenados a 10 anos de prisão, acusados de estuprar duas adolescentes, em agosto de 2012, em Ruy Barbosa (a 232 km de Salvador), foram presos na tarde desta terça-feira, 24, por determinação da juíza Marcela Moura França Pomponet, da comarca de Ruy Barbosa.

    Alan Aragão Trigueiros, Jhon Ghendow de Souza Silva, Michel Melo de Almeida, Weslen Danilo Borges Lopes e Willian Ricardo de Farias foram detidos por policiais da Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter), sob coordenação do delegado Ivo Tourinho, em cumprimento à execução provisória da pena. Eles estavam em suas residências, nos bairros de Itapuã, Tancredo Neves, Federação e Uruguai. Até a noite desta terça, Edson Bonfim Berhends Santos, Eduardo Martins Daltro de Castro Sobrinho e Guilherme Augusto Campos Silva eram considerados foragidos da Justiça. Eles não foram encontrados pela polícia.

    Em conversa com a reportagem na noite desta terça, o advogado de Eduardo Martins, o Dudu, Alfredo Venet, afirmou que seu cliente se apresentará à polícia. “Ele não estava em casa, fomos pegos de surpresa. Não foi publicado nada, não recebi a decisão. A juíza só enviou o mandado de prisão e a guia para recolhimento imediato ao presídio [de Salvador].  Ordem judicial não se discute, recorre”, afirmou o defensor. A determinação da juíza foi publicada no site do Tribunal de Justiça nesta terça. Com informações do Jornal A Tarde.