• Plantão Recôncavo News

    segunda-feira, 25 de setembro de 2017

    Mulher tenta pular de prédio com a filha após descobrir traição do marido

    Traição quase sempre termina em tragédia e neste caso a tragédia quase foi em dobro. De acordo com informações da agência de notícias Shanghaiist e do site Blasting News uma mulher tentou se matar pulando de um prédio em Pequim, na China. O vídeo do acontecimento foi postado no Youtube. O pior da história é que ela tentou se matar pulando junto com sua filhinha. Ela tentou cometer o duplo suicídio por ter descoberto uma traição do homem com quem era casada. Todo o acontecimento foi registrado por cinegrafistas amadores e divulgado na internet. 

    Ela aparece no vídeo ao lado da filha em uma borda estreita já fora do prédio residencial. As imagens causam aflição a quem assiste e percebe que a criança também pode morrer por conta da ação desastrosa de sua mãe causada por uma traição do pai. No registro, a menina aparece segurando a mãe fortemente, completamente assustada com a situação. Desesperado, o marido da suicida é visto implorando para que ela não pule. A menina também pede para a mãe parar com aquilo e diz que não quer pular. Acionados, o corpo de bombeiros e a polícia chegam ao local informado pelos moradores que ligaram falando sobre a tentativa desesperada da mulher. 

    Além de ter traído a esposa, o homem está desempregado, o que estaria fazendo com que a família passasse por um momento muito ruim. Após descobrir o caso extraconjugal do marido, ela resolveu pôr um fim em sua vida e na de sua filha. A mulher teria descoberto o caso após desconfiar do tempo que o esposo passava fora de casa. Ele ainda estaria sustentando sua amante à custa do pouco dinheiro que sua família tinha. A mulher ainda falou algumas coisas para o esposo. Ela afirma que ele não tem nada que ela poderia querer. Nem dinheiro, nem carro e nem casa ele teria, de acordo com ela. 

    "Você não pode me dar nada", disse ela, afirmando que queria dele apenas uma família e uma criança feliz. Em cerca de dois minutos de vídeo, a mulher aparece acusando o companheiro por sua traição. Policiais são vistos conversando com ela, tentando evitar que ela se jogasse do local com a criança. O marido aparece diversas vezes ajoelhado implorando para que ela não fizesse aquilo. O vídeo chega ao fim sem mostrar a conclusão: não se sabe se ela realmente cometeu o suicídio ou se a polícia e o corpo de bombeiros conseguiu fazer com que ela mudasse de ideia e passasse a tentar viver sua vida de uma nova forma, longe do traidor. Confira o vídeo do acontecimento e tire as suas próprias conclusões.