• Plantão Recôncavo News

    sábado, 12 de agosto de 2017

    BAHIA: Operação da Polícia Civil desarticula quadrilha e prende 16 pessoas

    Depois de sete meses de investigações, o Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) desarticulou a quadrilha do traficante Bruno Teixeira da Silva, o “Bruno Cabeça”, preso, na manhã desta sexta-feira (11), em Fortaleza. O grupo criminoso agia em Camaçari e região, sendo responsável pelo tráfico de drogas e por vários homicídios, entre eles o do cabo PM Olímpio, ocorrido em Monte Gordo. Duas companheiras deles também foram presas. Com o objetivo de cumprir 12 mandados de busca e apreensão e 16 de prisão, a operação, deflagrada na terça (8) e encerrada nesta sexta-feira (11), resultou na prisão, nos últimos quatro dias, de outros 13 integrantes do bando de “Bruno Cabeça”.
    O principal fornecedor de drogas da quadrilha, o traficante Bruno Oliveira Alves, já havia sido preso, no dia 13 de julho, com quatro toneladas de maconha pela Força-Tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e Polícia Federal. Foi a partir das investigações da delegada Aymara Bandeira Vacanni, titular da 33ª Delegacia Territorial (DT), de Monte Gordo, e sua equipe, sobre a atuação da quadrilha de “Bruno Cabeça”, que a operação foi planejada. Uma série de crimes com a participação de comparsas de Bruno foi fornecendo elementos para a sua desarticulação. Além da 33ª DT, deram apoio à operação as equipes da Depom, da Coordenação de Operações Especiais (COE/PC), da 26ª DT/Abrantes, da DT/Conde, da Superintendência de Inteligência (SI/SSP) e das 1ª e 59ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPMs).
    A Polícia Civil do Estado do Ceará deu todo apoio à PC Bahia na prisão de “Bruno Cabeça”, em Fortaleza. Os presos são: Joadson Brandão de Araújo,o “Jojó” ou “Babaca”, Nilton Alves Ferreira, o “Ninho”, Danilo Dias Silva, o “Danilo Bagaça” (homicida), Nathan Luiz da Silva, o “Natan”, Jardel de Souza dos Santos, Helderval dos Santos Almeida, o “Conde” ou “Galego” (homicida), Allen Anderson Araújo dos Santos, o “Andinho” (homicida), Lucas Macêdo Sousa, o “Bidega” (homicida), Flávio Bispo dos Santos, o “Teta”, Jerusa Souza Panta, Maísa de Jesus Santos e as companheiras de “Bruno Cabeça”, em Fortaleza: Jamile Santos de Almeida e Daniele Santos Pires.