• Plantão Recôncavo News

    quinta-feira, 27 de julho de 2017

    Informações falsas divulgadas em grupos vira caso de polícia na Bahia

    Um jovem vive uma situação dramática em razão da irresponsabilidade de pessoas que compartilharam suas fotos seguidas de informações falsas a seu respeito. Terça-feira (25) começou a circular em grupos de compras e vendas no Facebook que o estudante Luan Assis, de 21 anos, teria roubado um celular e dinheiro de uma suposta pessoa, essa mesma fez as publicações.
    Poucos minutos após as postagens as imagens de Luan começaram a circular em outras redes sociais e muitas pessoas compartilhando o caso como verídico.

    As mensagens começaram a circular em grupos de WhatsApp, depois foram compartilhadas também no Facebook. Sabendo dos boatos envolvendo seu nome, o estudante procurou a delegacia de Ilhéus para registrar um boletim de ocorrência. As mensagens, no entanto, continuaram sendo compartilhadas, Luan então publicou em sua pagina no facebook explicando a situação e pedindo que as pessoas que o conheçam repassem as informações verdadeiras.

    As acusações foram divulgadas em um perfil de usuário denominado “Gugu Oliveira”. Em uma breve averiguação, constatamos que se trata de um perfil falso, que além de Luan, esse mesmo perfil está espalhando boatos com nome de outras pessoas em diversos grupos da região. O caso de Luan será investigado pela policia. De acordo com informações, o caso será encaminhado ao Ministério Público com um pedido de quebra de sigilo de IP — um protocolo interno do computador — para obter os dados de um perfil do Facebook que iniciou à calúnia. Fonte: Ilhéus em Pauta.