• Plantão Recôncavo News

    sábado, 3 de junho de 2017

    Cidade baiana vai ganhar Mega Parque Aquático com investimentos de R$ 160 milhões

    A região oeste da Bahia vai ganhar o seu primeiro parque aquático. Com investimentos de R$ 160 milhões, o Aldeia Praia Park será construído em uma área de 120 mil m², em Rosário, distrito de Correntina, às margens da BR 020, no km 2, na divisa dos Estados da Bahia e do Goiás, a 330 km da capital federal. As obras do moderno complexo de lazer já começaram e a inauguração da primeira etapa está prevista para a temporada de verão de 2019. A estrutura do parque aquático, que incluirá também um resort com unidades hoteleiras, contemplará áreas administrativa e de convivência, estacionamento com capacidade para receber ônibus de excursões e mais de 800 veículos.

    Além de quiosques de alimentação e bebidas, praças de alimentação, restaurantes com cardápios regional e internacional, lojas comerciais com importantes parceiros como Havaianas, Subway, Nestlé, Fini Store, Cacau Show e Chili Beans, piscinas com e sem aquecimento com profundidades variadas, rio lento, piscina praia e de ondas, ofurôs, hidromassagens, toboáguas, brinquedos interativos e equipamentos aquáticos inéditos no Brasil, além de um palco de atrações. Tudo isso será realçado por belíssimos projetos luminotécnicos e paisagísticos com cascatas, geisêrs, pedras, pergolados, pontes em madeira, vegetação de sombreamento e redários, ambiente ideal para diversão ou relaxamento de toda a família, com segurança e conforto.

    Mais do que trazer opção de diversão, o Aldeia Praia Park vai desenvolver o fomento do turismo regional, atraindo turistas de todo o Brasil, gerando emprego e renda e fortalecendo ainda mais a economia. Isso porque, a localização geográfica do parque será fator estratégico para a atração de turistas das regiões Centro-Oeste, Norte, Nordeste e Sudeste, mas também de todo o Brasil, uma vez que excursões e visitantes devem chegar de toda parte do País por meio de parcerias com as principais agências de viagens. O parque também deve tornar-se uma referência em entretenimento, com a realização de festas e shows com atrações regionais, estaduais e nacionais. A expectativa é de que o empreendimento gere 400 empregos diretos no início de suas atividades, com capacidade de atendimento de 300 mil pessoas/ano, entre sócios e visitantes, somente na primeira etapa.

    O empreendimento é resultado de um investimento do megaempresário do interior paulista, Walter Gama Terra Júnior, que contabiliza quase 30 anos de experiência e realizações na administração de parques aquáticos e tem um vínculo antigo com a região. “Observamos que um parque aquático na região seria muito viável. Temos pessoas dos Estados da Bahia, Tocantins, Goiás, Minas Gerais e Distrito Federal que buscam divertimento. A ideia é somar com as opções de turismo que essas regiões possuem, estabelecendo uma rota turística com os demais Estados.

    Vamos trazer mais divertimento à população e mais prosperidade para esta região”, finaliza. O empresário adquiriu terras no município de Riachão das Neves e, dois anos mais tarde, em São Desidério e Correntina. Neste último município, onde estarão localizados o parque aquático e o resort com unidades hoteleiras, o empresário é proprietário do Loteamento Primavera do Oeste, em Rosário, com aproximadamente 10 mil lotes, que tornou-se uma referência no mercado imobiliário.

    Fonte/Fotos: Jornal O Expresso.