terça-feira, 23 de maio de 2017

Recôncavo News

Mulher descobre que anel comprado a preço de bijuteria é diamante de R$ 1,4 milhão

Há 30 anos, uma mulher comprou um anel num mercado de pulgas no Reino Unido por apenas 10 libras (cerca de R$ 42). Décadas mais tarde, ela descobriu que a joia, usada desde então como se fosse bijuteria, é, na verdade, um diamante branco de 26,27 quilates e avaliado em 350 mil libras (cerca de R$ 1,4 milhão). De uma hora para outra, a proprietária se viu rica.
No próximo mês, o anel será posto à venda na casa de leilões Sotheby's, em Londres, na Inglaterra. De acordo com a chefe do departamento de joias, Jessica Wyndham, a dona da jóia a usava no dia a dia, sem perceber que estava com uma pedra extremamente valiosa. A mulher pediu para não ser identificada, mas disse que achou a descoberta "maravilhosa". Wyndham disse ainda que a dona da joia está "bastante animada" e que "para qualquer pessoa em seu lugar, esta quantidade de dinheiro consegue transformar a vida".
"Não importa com o que você trabalhe ou quais são suas experiências, isso revoluciona a vida de uma pessoa," completou, segundo o jornal britânico "The Telegraph". Ela não fazia ideia do investimento que fizera porque diamantes do século XIX não eram cortados para mostrar seu brilho e clareza. Apesar disso, sua história permanece desconhecida, incluindo a parte de como chegou até o mercado de pulgas. Fonte: Ibahia.