• Plantão Recôncavo News

    quarta-feira, 24 de maio de 2017

    Arquiteta morre ao cair do 9º andar de prédio

    A Polícia Civil investiga a morte da professora universitária e arquiteta Mirian Tatiyama Miyamoto, 31 anos. Ela caiu do 9º andar de um prédio na Praia da Costa, em Vila Velha no Espirito Santo. Uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada por volta das 22h para ir ao local da ocorrência. O delegado Janderson Lube, responsável pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Mulher (DHPM), disse à reportagem de A Gazeta que o namorado da arquiteta foi ouvido e liberado após prestar depoimento.

    Em nota, a Polícia Civil informou que o caso está sob investigação e que demais informações não serão repassadas para não atrapalhar o trabalho da polícia. Mirian Miyamoto dava aula em várias capitais do país em um curso de pós-graduação. Ela também lecionava em faculdades do Espírito Santo. "Ela morreu ontem à noite. Nós estamos sem chão. Infelizmente estamos de luto", relata. A irmã da arquiteta, a professora universitária Samira Miyamoto, lamentou a perda e afirmou que a família ainda não tinha muitas informações e que preferia não se manifestar para não atrapalhar as investigações.

    Arquiteta e urbanista, Mirian se formou em 2008 com mestrado na mesma área, concluído em 2012, na Ufes. Atualmente era professora convidada do Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG) no curso de Arquitetura e Lighting e Design de Inetriores. Proprietária de um escritório de arquitetura e interiores, ela também dava aula em faculdades do Estado. Fonte: G1.