quinta-feira, 20 de abril de 2017

Recôncavo News

Procurador Geral da República pede retorno imediato do goleiro Bruno à prisão

O retorno de Bruno aos gramados pode estar com os dias contados. Nesta quarta-feira (20), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a revogação da decisão que liberou o goleiro da prisão.
Bruno foi solto em fevereiro deste ano, em virtude de uma liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello, que entendeu que o jogador poderia aguardar em liberdade enquanto o caso não é julgado em segunda instância.
Em março, assinou com o Boa Esporte, de Varginha/MG. Na ultima quarta-feira (19), o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) manteve a absolvição de Bruno pelo crime de corrupção de menor.