• Plantão Recôncavo News

    quarta-feira, 19 de abril de 2017

    Ministério Público pede prisão de ex-apresentadora do Jornal Hoje, esposa de Eduardo Cunha

    Os procuradores da Operação Lava Jato pediram a prisão da jornalista Claudia Cruz, ex-âncora da TV Globo e apresentadora do “Jornal Hoje”. Eles alegam que a esposa do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, foi “coautora de Eduardo Cunha em lavar os ativos mediante manutenção de conta oculta com os valores espúrios”.
    “É claro que Cláudia Cruz, pessoa bem esclarecida, sempre teve conhecimento de que o salário de Eduardo Cunha, como servidor público, jamais seria capaz de manter o elevado padrão de vida por eles mantido”, diz a petição do MPF.
    Claudia Cruz sempre alegou que não tinha conhecimento das movimentações ilegais do marido da Suíça. O juiz Sérgio Moro deve anunciar sua sentença na próxima semana no processo em que Cláudia e o ex-diretor da Petrobras Jorge Zelada são réus. Fonte: Varela Notícias.