domingo, 16 de abril de 2017

Recôncavo News

Dono de pousada é assassinado com requintes de crueldade em Feira de Santana

Um homem foi assassinado na madruga deste domingo (16) no bairro Tomba em Feira de Santana. Fabiano Portela, 35 anos, era proprietário da pousada da Papa, localizada na praça do bairro e foi encontrado morto na manhã de hoje dentro de um dos apartamentos da pousada. O corpo foi encontrado com fio amarrado no pescoço. Edna Barbosa, funcionária da pousada, contou que ficou sabendo do assassinato na manhã de hoje.
Ela afirma que quando chegou ao local, encontrou a vítima no quarto de número 10 com muito sangue. Edna disse que o quarto não estava remexido e que normalmente Fabiano não dormia ali. “Estive com ele no sábado e ele não comentou sobre nada. Eu trabalhava durante o dia e ele tomava conta durante a noite e costumava dormir no quarto de número quatro. Quando saí daqui no sábado, a pousada estava com três quartos alugados”, informou acrescentando que o proprietário da pousada, que também era estudante de enfermagem, era uma pessoa boa e tranquila.
Segundo um parente da vítima, que não quis se identificar, quatro pessoas estavam hospedadas na pousada e ouviram gritos de madrugada, mas não foram ao apartamento 10, onde o corpo foi encontrado nas primeiras horas da manhã de hoje. Ele disse ainda que um cachorro de estimação da raça poodle passou a madrugada latindo e que algumas pessoas informaram que viram duas mulheres e um homem deixando a pousada por volta das duas horas da madrugada. O parente da vítima acredita que mataram o proprietário da pousada para roubar.
A delegada Lícia Amalia, que presidiu o levantamento cadavérico, afirmou que inicialmente a polícia trabalha com a suspeita de latrocínio, já que alguns pertences da vítima, a exemplo do notebook, celular e uma mochila, foram levados. “Vou ouvir algumas pessoas e depois passar para a delegacia especializada. Não sabemos nada sobre a autoria, estamos apurando e vamos providenciar as imagens da câmera de segurança”, afirmou. As informações são do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.