• Plantão Recôncavo News

    quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

    Sobe para 143 o número de assassinatos durante crise no Espirito Santo

    Após 11 dias de crise na segurança do Estado, o governo do Espírito Santo divulgou nesta terça-feira (14) dados oficiais sobre os homicídios. De acordo com o governo, 143 pessoas foram assassinadas desde quando foi iniciada a paralisação da Polícia Militar.
    Esta é a primeira vez que o governo apresenta um relatório com o total de vítimas de homicídios. Até o momento, o balanço estava sendo divulgado diariamente pelo Sindpol (Sindicato dos Policiais Civis) do Estado.
    O relatório da SESP (Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social) registrou duas mortes a menos do que a entidade. Nesta terça, o Sindpol afirmou que 145 pessoas foram assassinadas entre 4 e 13 de fevereiro. No dia 6 de fevereiro foram registrados 40 homicídios, o pico dentro do período, segundo o relatório do governo. Fonte: Uol.