• Plantão Policial RN

    quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

    35 Ônibus que 'sumiram' de Feira de Santana são encontrados pela PM em Serrinha

    Cerca de 35 ônibus da empresa Rosa, que presta serviço de transporte coletivo urbano na cidade de Feira de Santana, foram localizados pela Polícia Militar nesta terça-feira (31), na Fazenda Guariba, no povoado de Casa Nova, na cidade de Serrinha. Cinquenta e um veículos da frota foram recolhidos no último sábado (28) e tiveram o paradeiro desconhecido, enquanto estavam sendo cumpridos mandados de busca e apreensão dos ônibus. Os mandados são decorrentes de um processo judicial em que o Banco Mercedes-Benz cobra dívidas que não foram pagas pela empresa, no entanto, nenhum veículo havia sido localizado. O Capitão Charles, comandante do Ceto do 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Serrinha, informou que os ônibus localizados estão em bom estado de conservação e que não foram guinchados até o local. Foram conduzidos por motoristas não identificados.
    “Estávamos fazendo rondas no município de Serrinha, chegando às proximidades da Fazenda Guariba, no povoado de Casa Nova, encontramos estes ônibus e estamos tomando as devidas providências. Consultamos alguns moradores e eles informaram que estão desde sábado a noite aqui. Disseram que vieram sem guincho, individualmente, com motoristas dirigindo. O proprietário da chácara não foi localizado e até o momento a informação que podemos dar é que encontramos estes ônibus. Aparentemente todos em bom estado de conservação e bem estacionados. Não estão depredados. Vamos dar segurança aos veículos para evitar danos. Vamos fazer a guarda deles até que as providências sejam tomadas”, relatou. Os demais veículos ainda não foram encontrados. Por volta da meia-noite de hoje (1), 13 ônibus encontrados na fazenda foram retirados do local. Em entrevista ao Acorda Cidade, o comandante do Policiamento Regional Leste, informou que não há queixa de furto ou roubo dos ônibus e que por isso os veículos encontrados só podem ser removidos pela polícia com um pedido judicial através de ofício, como ocorreu no último sábado. Fonte: Acorda Cidade.

    Apoio Cultural I

    Apoio Cultural II

    Apoio Cultural III