terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Recôncavo News

VÍDEO: Eletricista entra em imóvel em chamas e salva quatro crianças de incêndio, assista

Um eletricista resgatou quatro meninas que estavam dentro de um apartamento em chamas, na manhã desta terça-feira (17), em Santos, no litoral de São Paulo. Com apenas uma escada e a ajuda de moradores, ele tirou uma criança de cada vez do apartamento antes da chegada dos bombeiros. 

As meninas passam bem e, em entrevista ao G1, o 'herói' disse que está com sensação de dever cumprido e que agiu pois lembrou da própria filha. Jorge Araujo da Silva iria realizar um serviço na Avenida Afonso Pena, na manhã desta terça-feira. 

Por volta das 10h30, ele estava indo em direção ao local quando viu um apartamento pegando fogo em um prédio de dois andares. Na hora, o eletricista estacionou o carro e correu para ajudar as pessoas que estavam presas no imóvel.
“Eu vi crianças na janela. Pensei na minha filha. Eu subi pelo lado de fora até a janela do andar de cima, veio um rapaz com uma escada, mas não dava a altura para chegar ao apartamento. A gente apoiou a escada no muro. Eu estava nervoso, desesperado porque via as crianças pedindo socorro. 

Puxei a primeira menina que era menor e fui puxando as outras”, conta ele. Ao todo, quatro meninas, que tinham entre 6 e 12 anos, estavam no apartamento. O eletricista resolveu entrar no local, que estava em chamas, para ver se havia mais alguma vítima. “Quando eu abri a porta o fogo estava muito alto, batendo no teto”, relata. 

O Corpo de Bombeiros entrou no apartamento e conseguiu resgatar o cachorro da família, o único que ainda estava lá, e que foi encaminhado para receber atendimento especializado.
Silva acredita que as quatro meninas estavam sozinhas, porque não encontrou mais ninguém no apartamento. Segundo ele, o pai das crianças chegou no prédio minutos depois de elas serem resgatadas. 

As meninas foram atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não houve necessidade de remoção do local. De acordo com a Prefeitura de Santos, o imóvel teve a sala completamente destruída e as demais dependências foram atingidas parcialmente. 

Por volta das 11h30, a Defesa Civil informou que o incêndio no apartamento já estava controlado. O eletricista finaliza dizendo que, ao ver as meninas pedindo socorro, não tinha como seguir para o trabalho e não ajudá-las. “Se eu não subisse, acho que outra pessoa teria ido lá também. Eu pensei na minha filha na hora”, diz. Veja o vídeo:

Fonte: G1.