sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Recôncavo News

Padre é acusado de usar paróquia como motel e promover orgias

Um escândalo envolvendo um padre que promovia orgias chocou a cidade de Pádua, no norte da Itália. 

Don Andrea Contin, da igreja de San Lazzaro, teria usado a paróquia para ter relações com várias mulheres. De acordo com fontes ligadas à investigação, pelo menos nove mulheres teriam praticado atos com o sacerdote. 

Em depoimento, duas admitiram ter mantido relações com o padre, que está afastado de suas funções. Uma das mulheres contou que o padre chegou a sugerir que outros homens participassem dos encontros.
O padre foi descoberto durante uma investigação de violência privada e favorecimento à prostituição. Isso porque as duas mulheres, uma de 49 anos e outra de 51, alegaram terem sido vítimas. 

A de 49 anos teria sido amante do padre desde 2014. À polícia, ela disse que o sacerdote a obrigou a se prostituir e a manter relações com ele. 

Já a mulher de 51 anos relatou que o padre se aproveitou de um momento de fragilidade emocional em uma época que passava por um divórcio para tocar suas partes íntimas e fazer um convite para ter relações. Fonte: Yahoo.