sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Recôncavo News

Justiça Federal obriga União dar remédio à mulher que pôs casa à venda por causa de câncer

A Justiça Federal determinou que a União forneça o remédio Sorafenibe para Lêda Santana, que tem câncer no fígado e colocou a própria casa à venda, em Feira de Santana, para comprar um remédio que custa R$ 8 mil por mês. Conforme a liminar da Justiça, deferida na quinta-feira (30), a união deve fornecer o medicamento em um prazo máximo de cinco dias. A determinação aponta que a medicação seja dada durante quatro semanas e que após este prazo deve ser apresentado um novo relatório médico indicando a necessidade de continuação do tratamento.
O aposentado Credes Nunes, marido de Lêda, foi quem acionou a Justiça pedindo que o governo arcasse com o tratamento da esposa. Como não havia obtido resposta e Lêda passou a sentir dores fortes, eles decidiram colocar o imóvel onde moram à venda. Credes chegou a revelar que iria morar debaixo da ponte, caso fosse necessário, para poder ajudar na saúde da esposa.
Além da decisão da Justiça, o casal também recebeu ajuda de pessoas que ficaram sensibilizadas com a história deles. "Surge uma esperança para ela sobreviver e não sentir tanta dor. Ela sofria e eu sofria também", disse Credes. Lêda e Credes já receberam R$ 2 mil, dez cestas básicas e três caixas do remédio que precisa para o tratamento. "Eu já tomei o remédio. Estou me sentindo melhor, as dores diminuíram", disse Lêda. Fonte: G1.