domingo, 27 de novembro de 2016

Recôncavo News

Vereadores de Conceição do Almeida aprovam aumento do salário para R$ 7 mil

Sem alarde os vereadores de Conceição do Almeida aprovaram, através do Projeto de Lei nº536/2016, o aumento nos seus próprios salários para próxima legislatura. Concederam a si mesmos, discretamente, um aumento em seus subsídios de R$ 2,300, passando dos atuais R$ 4,9 mil para R$ 7,4 mil reais. Em meio ao período eleitoral, movimentos contrários ao aumento do salário dos vereadores 'dormiram no ponto' e os vereadores de Conceição do Almeida aprovaram sem problemas o reajuste em seus próprios salários, na legislatura que inicia a partir de 1º de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2020. Os salários dos vereadores aumentaram de R$ 4.900,00 (Quatro mil e novecentos reais) para R$ 7.200,00 (Sete mil e duzentos reais).
Os vereadores aprovaram também o aumento no salário do prefeito, vice-prefeito e secretários que a partir de 2017, o prefeito vai passar a receber dos atuais R$ 14.000,00 (Quatorze mil reais) para R$15.000,00 (Quinze mil reais), enquanto o vice-prefeito que hoje recebe R$ 7.000,00 (Sete mil reais) passará a ganhar R$ 7.500,00 ( Sete mil e quinhentos reais). No caso dos secretários, os vencimentos sairão de R$ 4.270,00 (Quatro mil e duzentos e setenta reais) para R$ 6.000,00 (Seis mil reais), todos aprovados e sancionados através do Projeto de Lei nº537/2016 e Projeto de Lei nº536/2016. Todos os valores apresentados são brutos, sem descontos. O aumento salarial ocorre no momento em que vários municípios do país vivem uma crise política e econômica gerando um impacto negativo nesse momento de queda acentuada de arrecadação e contração da atividade econômica. Em setembro uma onda de manifestações a favor da redução dos salários dos vereadores chegou ao município de Conceição do Almeida mobilizando um grupo de jovens que propuseram uma redução dos salários dos vereadores.
Visando diminuir os salários dos vereadores, moradores se manifestaram iniciando a luta pela renovação na política almeidense, o que foi conquistado nas últimas eleições, porém os vereadores aprovaram o aumento nos próprios salários, o que vai de encontro ao clamor popular que pede a redução salarial. Em cidades da Bahia, a população também já se mobilizou para cobrar a redução salarial dos vereadores e exigiram a redução salarial. Em setembro desse ano, os vereadores da Câmara de Santo Antônio de Jesus recuaram e decidiram revogar o aumento dos seus subsídios que passava de R$ 9 mil para R$ 12 mil após enfrentarem vários protestos por parte da população. Em Conceição do Almeida a campanha deve ganhar corpo nas próximas semanas, onde a população deverá comparecer na Câmara de Vereadores para cobrarem a redução aos edis. Fonte: INFOSAJ.