terça-feira, 29 de novembro de 2016

Recôncavo News

URGENTE: Autoridades confirmam 76 mortos no avião que caiu com o time da Chapecoense

O Prefeito da cidade de Medellín Federico Guitiérrez Zuluaga e autoridades locais confirmaram em nota oficial que 76 pessoas morreram no acidente do avião que caiu em Medellín na Colômbia. O Chapecoense fez o primeiro pronunciamento oficial após acidente que aconteceu em Colômbia na noite de segunda-feira (28). Na nota, o clube afirma que vai esperar notas oficiais das autoridades do país antes de comentar o caso. "Em função do desencontro das notícias que chegam das mais diversas fontes jornalísticas, dando conta de um acidente com a aeronave que transportava a delegação da Chapecoense, a Associação Chapecoense de Futebol, através de seu vice-presidente Ivan Tozzo, reserva-se o direito de aguardar o pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana, a fim de emitir qualquer nota oficial sobre o acidente", diz o texto.

"Que Deus esteja com nossos atletas, dirigentes, jornalistas e demais convidados que estão junto com a delegação", termina o texto. O avião transportava 72 passageiros e 9 funcionários de bordo. O clube viajava de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, para Medellín, onde disputaria a final da Sul-americana. A Conmebol adiou definitivamente a final. De acordo com a imprensa local, o ex-lateral Alan Ruschel, do Internacional, é um dos sobreviventes. O goleiro Danilo também estaria entre os sobreviventes. A nota oficial do Aeroporto de Rionegro, onde ocorreu o acidente, cita seis sobrevientes, sem identificar as identidades. Fonte: G1.