domingo, 20 de novembro de 2016

Recôncavo News

Saiba quem são os PMs mortos em queda de helicóptero no Rio de Janeiro

A queda do helicóptero nos arredores da Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio, no último sábado, terminou com quatro PMs mortos. Todos eles tinham mais de 10 anos de serviços prestados à corporação. Veja abaixo quem eram os militares. O capitão Willian de Freitas Schorcht, 37 anos, estava pilotando a aeronave e estava na PM há 13 anos. A família do oficial é de Resende. Ele foi lembrado em texto no Facebook, do piloto de outro helicóptero da PM que caiu em 2007 - abatido no Morro dos Macacos. "Grande Schorcht... Garoto de bom coração, excelente profissional, humilde entre outras qualidades mais! Espero que DEUS ilumine seu caminho e te acolha...”, escreveu policial militar Marcelo de Carvalho Mendes, como antecipou o jornal Extra.
Já o major Rogério Melo Costa, 36 anos, estava na PM há 17 anos. Em mensagens no Facebook, amigos e parentes lamentaram a morte. "Saiba que todo seu esforço por um país mais justo não foi em vão! Um dia colheremos os frutos de tanta luta! Siga na direção da Luz irmão! PAZ!", diz o texto de uma pessoa que se identificou como amiga do militar morto após queda de aeronave na tarde de sábado (19), no Rio de Janeiro. Além de Rogério e Willian, morreram na queda o subtenente Camilo Barbosa Carvalho, 39 anos,(foto ao lado) que estava na PM desde 2001 e o terceiro-sargento Rogério Felix Rainha, 39 anos, que estava na PM desde 2001 (imagem abaixo). O corpo do major Rogério Melo Costa será velado às 10h no Batalhão de Polícia de Choque e sepultamento está marcado para às 16h no Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste.
O capitão Schorcht será sepultado em Resende, no sul do estado. O Subtenente Barbosa será enterrado em Itaboraí, Região Metropolitana do Rio e o Sargento Félix no Cemitério Jardim da Saudade, em Paciência, Zona Norte. Através do Facebook, a própria PM homenageou os mortos na queda do helicóptero. "A #PMERJ e a sociedade hoje estão tristes, perdemos cinco heróis que lutavam para defender nossas vidas. Quatro deles do Grupamento Aeromóvel (GAM) se foram na queda do helicóptero em Jacarepaguá, o Major Rogério Melo Costa, 36 anos, Capitão Willian de Freitas Schorcht, 37 anos, Subtenente Camilo Barbosa Carvalho, 39 anos e o 3º Sargento Rogério Félix Rainha, 39 anos. Além deles nos despedimos de mais um herói do 3ºBPM (Méier) que foi assassinado enquanto cumpria seu dever, o 3º Sargento Cristiano Bittencourt Coutinho, 40 anos. Continuem olhando por nós!", diz texto publicado no perfil da corporação. Fonte: G1.