sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Recôncavo News

Prefeito e primeira dama de cidade do interior da Bahia são presos pela Polícia Federal

A Polícia Federal deflagra nesta sexta-feira (4) a segunda fase da Operação Belvedere, que investiga irregularidades em licitações na prefeitura de Mirante, no centro-sul baiano. Ao todo, são 26 mandados de prisão preventiva, expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, a ser cumpridos nas cidades de Poções, Mirante, Boa Nova, Livramento de Nossa Senhora e Feira de Santana.
Entre os alvos, estão o prefeito da cidade, Hélio Ramos Silva (PMDB); a primeira dama, Mônica Alves de Lima; o chefe do setor de licitação da prefeitura, o diretor Financeiro, o chefe de Recursos Humanos, o secretário de Infraestrutura, o secretário de Planejamento e Finanças, o Procurador-Geral do Município, o ouvidor-Geral, o diretor do Setor de Tributos e Arrecadação, o cordenador do Setor de Compras, o coordenador do Setor de Supervisão de Ensino, o gerente do Programa Ação Comunitária e o titular e suplente do Conselho Municipal de Educação do município.
Empresários e “laranjas” do esquema criminoso também estão na lista. A primeira etapa da operação foi realizada há cerca de um ano, no dia 20 de outubro de 2015. À época, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão, 11 de condução coercitiva e 6 mandados de suspensão de exercício de função pública. Também foi ordenado o bloqueio e sequestro de bens no valor de R$ 1,095 milhão. A operação desta sexta é resultado da conclusão do inquérito contra os investigados. Fonte: BN.