sábado, 12 de novembro de 2016

Recôncavo News

Para fugir do aluguel, homem constrói casa própria com estrutura de isopor

Para fugir do aluguel, o mestre de obras Valdelom Alvim construiu a própria casa, em Luzimangues, distrito de Porto Nacional(TO), usando isopor. Na obra, o homem reutilizou restos de construção encontrados na rua. A ideia surgiu depois que a filha dele, que agora tem 7 meses, nasceu, e as despesas aumentaram. Ele escolheu o isopor por se tratar de um isolante térmico, que ajuda a proteger do forte calor do Tocantins. Segundo a mulher dele, a autônoma Maria Amélia de Abreu, quando a casa começou a ganhar forma, a curiosidade dos vizinhos foi grande.
"Ficava um pouco acanhada, até pela questão das pessoas ficarem olhando, fazendo gozação da gente. Depois eu vi que dá para fazer um bom reaproveitamento. Hoje moro em uma casa que, ao meu ver, é ecologicamente correta. Estou impressionada", afirmou a mulher. O homem cobriu o isopor com cimento. Usou uma tela de galinheiro para aumentar a firmeza da estrutura. Hastes de ferro, que sobram da instalação de gesso, ajudam a sustentar tudo. No alto, telhas que foram encontradas no lixo e as janelas são de alambrados.
"Precisei comprar cimento, areia e os parafusos. Gastei R$ 2,5 mil", diz Alvim. Segundo o mestre de obras, o valor representa apenas 10% do custo de uma casa do mesmo tamanho, construída do jeito tradicional. "[Quero] ser feliz dentro da minha casa, com a minha família, o meu marido, a minha filha. Ter um lar muito feliz, que é o que eu sempre busquei", diz Maria Amélia. Fonte/Foto: G1.