domingo, 27 de novembro de 2016

Recôncavo News

Mulher implora a tribunal para desligar aparelhos do marido em coma

Está nas mãos de um juiz inglês decidir se os médicos devem ou não desligar os aparelhos que mantém um policial vivo após um acidente. Veterano da Guerra do Golfo, Paul Briggs, 43, sofreu uma lesão cerebral grave em um acidente de moto enquanto trabalhava em julho de 2015. Sua mulher, Lindsey, apela para interromper o tratamento, mas os médicos discordam.
Segundo o Mail One, numa audiência, realizada na última terça-feira, foi dito que Briggs foi diagnosticado "em um estado minimamente consciente" por seus médicos num hospital em Liverpool. Mas outro profissional independente diagnosticou o paciente em "estado vegetativo". "Lindsey afirma que, dada a sua condição atual e prognóstico a longo prazo, Paul teria optado por desligar os aparelhos para morrer com dignidade", disse um porta-voz da família. A decisão judicial deve ser anunciada nos próximos dias em Londres. Fonte: Jornal Extra.