terça-feira, 15 de novembro de 2016

Recôncavo News

Mãe é presa após matar filha de 2 anos esfaqueada

Uma criança de 2 anos morreu depois de ser esfaqueada no pescoço pela própria mãe na noite deste domingo (13) no bairro Fonte Verde, em Lavras (MG). Segundo a polícia, ao relatar o caso, a mulher ainda tentou despistar, mas depois assumiu ter cometido o crime por desavenças com o pai da criança. Conforme a PM, foi a mãe da criança quem acionou a polícia dizendo que ela e a filha haviam sido assaltadas na rua e que a filha estava ferida.
De acordo com a Polícia Civil, em depoimento, a mulher afirmava que o crime teria sido cometido pelo assaltante, mas caiu em contradição ao ser questionada pelos policiais. "A suspeita disse que tinha saído de casa num momento de chuva e o caminho que ela tomou, segundo ela, era um caminho que tinha muito barro. Quando ela retornou para casa, a gente não conseguiu verificar nenhuma marca de barro, nenhuma mancha, nenhuma sujeira de barro dentro da residência dela.
Ela disse que a menina foi alvo de uma facada fora de casa. A perita também não conseguiu identificar nenhuma mancha de sangue, nenhum gotejamento de fora para dentro da casa, essas manchas de sangue foram verificadas apenas dentro da residência", disse o delegado Rafael Arruda. Depois de um tempo, ela disse que a guarda da criança era compartilhada com o pai da menina e que a filha só ficava com ela aos domingos. Ainda segundo a polícia, ela teria dito que se ela não podia ficar com a filha, o pai também não poderia.
A polícia informou ainda que a mulher é usuária de drogas e por isso a guarda da criança estava com o pai. A suspeita é que o crime tenha ocorrido no banheiro da casa. A mulher será indiciada por homicídio qualificado e foi encaminhada para o presídio da cidade. A menina chegou a ser socorrida e levada em estado grave para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Fonte: G1.