domingo, 27 de novembro de 2016

Recôncavo News

Empresária de 30 anos morre após fazer lipoaspiração

Uma empresária de 30 anos morreu menos de dois dias depois de se submeter a duas cirurgias plásticas em Goiânia. Michelle de Souza Pires saiu do centro cirúrgico às 20h de sexta-feira (25) e recebeu alta médica às 13h do dia seguinte. A empresária morreu por volta das 5h deste domingo. De acordo com os familiares, que acusam a equipe médica de negligência, Michelle fez uma abdominoplastia e lipoaspiração.
“Nos exames que ela fez deu um pouco de anemia e o médico disse que não tinha problema. Ela sempre quis fazer e convenceu a mãe. Ela terminou a cirurgia na sexta umas 20h, e o médico liberou no sábado umas 13h. Ela foi liberada muito cedo, ela deveria ter ficado mais em acompanhamento já que fez a plástica”, disse um ex-cunhado da vítima. Ainda segundo familiares, Michele reclamou de sentir falta de ar e de fadiga.
A ex- sogra e a irmã dela tentaram socorrê-la. “Minha mãe e minha tia tentaram ligar para o médico, mas não conseguiram. Depois chamou o Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência]. A Michelle já estava indo a óbito, minha mãe fez massagem cardíaca uns 15 minutos até o Samu chegar. O Samu tentou reanimar, mas não conseguiu”, relatou o ex-cunhado. O caso foi registrado na Central de Flagrantes da Polícia Civil. De acordo com o boletim de ocorrência, a causa da morte está a esclarecer. Michelle deixa dois filhos, sendo um de 10 e outro e de 4 anos. Fonte: G1.