terça-feira, 29 de novembro de 2016

Recôncavo News

Cruz vermelha volta atrás e inclui goleiro Danilo na lista de feridos

Entre uma série de informações desencontradas sobre o acidente da aeronave que transportava o time da Chapecoense na Colômbia, a Cruz Vermelha voltou atrás e incluiu o goleiro Marcos Danilo Padilha entre os sobreviventes. Inicialmente, a entidade havia informado que o atleta havia morrido em decorrência de graves ferimentos. Além disso, a televisão colombiana Teleantioquia mostrou imagens que mostram o zagueiro Hélio Neto chegando ao hospital em uma ambulância, depois de ter sido encontrado com vida entre os destroços.
No total, são 76 mortos, segundo o balanço atual, a aviação civil colombiana informou mais cedo que foram seis resgatados com vida: Alan Ruschel, lateral do time; Danilo, goleiro; Jackson Follman, goleiro; Ximena Suárez, comissária de bordo; Rafael Henzel, jornalista; e Erwin Tumiri, técnico da aeronave. O jogador Alan Ruschel está, segundo equipes médicas, passando por uma cirurgia em um hospital da região para cuidar de múltiplos ferimentos. O seu estado de saúde é estável e ele deverá passar por novos exames.
Henzel publicou em seu Facebook uma foto do momento em que os jogadores da Chapecoense se preparavam para decolar, já dentro do avião. E, também, registrou uma mensagem de Neto para os torcedores da Chapecoense no aeroporto de Guarulhos. Segundo a rede de TV colombiana “Teleantioquia” ele foi levado para o Hospital San Juan de Dios, mas não há informações sobre seu estado de saúde. Fonte: Jornal O Globo.