sábado, 8 de outubro de 2016

Recôncavo News

ELEIÇÕES 2016: Doze cidades do interior baiano podem ter novas eleições

Mesmo após as eleições do último domingo, 2 de outubro, em 12 municípios da Bahia a situação segue indefinida em relação a quem tomará posse dia 1º de janeiro de 2017. Isso porque os candidatos que venceram nas urnas estão com problemas judiciais e os votos foram anulados. Assim, o segundo colocado foi eleito. Porém o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) tem, a priori, até o final do ano para julgar os casos e decidir se mantém ou não o indeferimento dos candidatos. Conforme o Tribunal, não é descartado a possibilidade de novas eleições no município. “Os candidatos indeferidos com recursos têm que esperar uma definição da Justiça para saber o que vai acontecer. Se vai ser deferido, indeferido, terá outra eleição ou o se o segundo colocado assume.
É uma questão e interpretação da lei. Não descartamos a possibilidade de novas eleições”, explicou a assessoria do TRE. A situação ocorre em: Camumu, Correntina, Iramaia, Iraquera, Itabuna, Jeremoabo, Lençóis, Rio de Contas, Santa Cruz da Vitória, Sapeaçu, Sítio do Mato e Uruçuca. Em Sapeaçu, Drº George (PPS) se elegeu, mas teve os votos invalidados e Jonival Lucas (PTB) saiu vitorioso. Em Lencóis, a situação é a mesma. Marcos Araújo, o Marcão (PRB) venceu nas urnas, mas teve os votos invalidados. A 2ª colocada, Vanessa Sena (PSD) foi eleita, ela enviou uma Carta Aberta apelando para que a Justiça defina a situação.
“Eu fui considerada eleita pelo TRE, mas, infelizmente, a população terá que esperar a decisão final do TRE-BA e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o resultado das eleições na cidade […] O candidato impugnado Marcão, apesar de ter tido contas rejeitas em 2009, 2010 e 2012, pela Câmara Municipal, conseguiu participar do pleito, através de manobras judiciais. Com o impedimento na justiça, todos os seus votos foram anulados e, com a diferença de 70 votos, fiquei na segunda posição. Agora, aguardo uma resposta definitiva da justiça, que provavelmente irá definir novas eleições na cidade”, disse. “Fazer a população passar por essa situação é muito desgastante e beira ao egoísmo. Acredito que a primeira determinação do TRE-BA será a mesma da última e venceremos essa batalha por Lençóis”, diz a carta. Fonte: Bocão News.