sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Recôncavo News

Bebê morre sufocado após mãe fumar maconha e deitar sobre ele

Promotores da Pensilvânia, nos Estados Unidos, acusaram de homicídio culposo (sem inteção de matar), nesta semana, uma americana que matou a filha bebê. Kayla Marie Breniser, de 27 anos, havia fumado maconha e acabou sufocando a pequena, de 3 semanas, após dormir e rolar sobre ela. O crime aconteceu, na casa da família, em abril deste ano. As informações são do jornal "Daily Mail".
Logo após a morte da menina, a mãe foi submetida a exames médicos que constataram a presença da droga no organismo dela. Por fim, a mulher admitiu que fumou maconha durante a gestação e não abriu mão do uso da substância mesmo após o nascimento da filha.
No dia do crime, Kayla fumou a droga e deitou no sofá com a filha. Ela adormeceu e não percebeu que havia rolado sobre a pequena, que se sufocou e morreu. A mulher responde pelo crime em liberdade após ter pago fiança. Em novembro, o julgamento do caso será iniciado e, se condenada, ela pode ser presa. Fonte: Jornal Extra.