segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Recôncavo News

Recôncavo baiano recebe maior festival de documentário do Norte e Nordeste

O Festival de Documentários de Cachoeira (CachoeiraDoc) chega à sua sétima edição e apresenta uma programação de filmes inéditos para a Bahia. O evento acontece desta terça-feira (6) a domingo (11), no município de Cachoeira (Recôncavo), no Cine Theatro Cachoeirano e no Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.
Com destaque no cenário nacional, o festival é o maior sobre o gênero documentário do Norte e Nordeste. Neste ano, serão exibidos 60 filmes, sendo a maioria inédita no estado. Os curtas, médias e longas-metragens integram três mostras – Competitiva, Com Mulheres e Contemporânea -, que serão abertas ao público. A Mostra Com Mulheres, de autoria coletiva, tem destaque no festival, exibindo mais de 20 filmes dirigidos e protagonizados por mulheres. A programação da Mostra Competitiva consta de 16 curtas e 11 médias e longas-metragens. Entre os documentários estão os baianos ‘Voz das Mulheres Indígenas’, de Glicéria Tupinambá e Cristiane Pankararu, ‘A Noite Escura da Alma’, de Henrique Dantas, ‘Jonas e o Circo sem Lona’, de Paula Gomes. Outros documentários premiados compõem a mostra, como ‘Há Terra!’, de Ana Vaz, ‘Quem matou Eloá?’, de Lívia Perez, ‘O Sepulcro do Gato Preto’, de Kaneda Asfixia e Frederico Moreira, ‘Retrato de Carmem D.’, de Isabel Joffily, e ‘Sem Título # 2: La Mer Larme’, de Carlos Adriano.
A Mostra Contemporânea, em parceria com o Cineclube Mario Gusmão, vai exibir documentários atuais que abordam, entre outros temas, questões de gênero e a disputa por espaços sociais e urbanos. A mostra acontece de terça a quarta-feira e no sábado (6 a 8) e no sábado (10), no Cine Theatro Cachoeirano e em comunidades e escolas de Cachoeira e São Felix.