sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Recôncavo News

Jovem de 26 anos tem 3 pares de gêmeos no interior da Bahia

Uma jovem de 26 anos, que mora no distrito de Nova Viçosa, no extremo sul da Bahia, teve três gestações de gêmeos e, segundo ela, não há nenhum caso de gêmeos na família. As crianças têm pais diferentes, e nenhum deles tem histórico de gêmeos nas famílias também. Os primeiros filhos nasceram quando Fabiana de Jesus Santos tinha 18 anos. Queilane e Gilkelven têm 7 anos. Dois anos depois, Fabiana engravidou novamente. A gestação só foi descoberta no terceiro mês, mas ela não tinha ideia de que mais uma vez estava grávida de gêmeos, porque não fez acompanhamento médico. Ela só foi descobriu que seria mãe de gêmeos mais uma vez ao dar à luz Isabele e Cibele, hoje com 5 anos.
"Nasceu um e a enfermeira disse: 'Espera um pouquinho que aqui tem outro'. Aí, nasceu a outra", lembra. Depois de alguns anos, a dona de casa engravidou novamente. Ela deu à luz uma menina aos 7 meses. A criança ficou dois meses em um hospital e morreu logo após completar um ano. Fabiana disse a filha teve complicações por ter nascido antes do tempo. Os gêmeos idênticos Guebson e Guerbeson vieram logo depois. Eles vão completar um ano em setembro. "Os primeiros [filhos] gêmeos, o segundo também, o terceiro eu falei: 'Deus sabe o que está fazendo'", disse. Fabiana fez uma cirurgia logo após o último parto e não pode ter mais filhos.
A jovem mãe mora em uma casa simples, com dois quartos, e divide o espaço com o seis filhos e outros familiares. No total, 16 pessoas moram no imóvel. Por conta do pouco espaço, Fabiana e os seis filhos dormem na sala, que também funciona como cozinha durante o dia. "[Desejo] uma vida melhor para os meus filhos, uma casa e um conforto", ela não tem trabalho fixo e vive de "bicos" de empregada doméstica, além de receber ajuda dos pais das crianças, auxílio de algumas doações e R$ 200 de um benefício do governo federal. "Deus me deu essas bênçãos, só tenho a agradecer a ele, né?", disse a jovem mãe. Fonte: G1.