sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Recôncavo News

Ex-presidente Lula é indiciado pela Polícia Federal

A Polícia Federal indiciou ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no inquérito que investiga o tríplex do Condomínio Solaris, no Guarujá, litoral paulista. O ex-presidente é alvo de investigações na Operação Lava Jato e foi enquadrado por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.
A ex-primeira -dama Marisa Letícia e Paulo Okamoto, ex-presidente do Instituto Lula, também foram indiciados. De acordo com o Globo, a Polícia Federal afirma que Lula e Marisa foram beneficiários de vantagens ilícitas por parte da empreiteira OAS. Os valores giram na casa dos R$ 2,4 milhões.
"Foi possível apurar que o casal Luiz Inácio Lula da Silva e Marisa Letícia Lula da Silva foi beneficiário de vantagens ilícitas, por parte da OAS, em valores que alcançam R$ 2.430.193,61 referentes as obras de reforma no apartamento 164-A do Edifícios Solaris, bem como no custeio de armazenagem de bem do casal”, disse o delegado federal Márcio Adriano Anselmo, que assina o indiciamento, ao G1.