quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Recôncavo News

Amargosa: Candidatura de Rosalvinho Sales é impugnada pelo Ministério Público Eleitoral

Segundo informações do site Amargosa Noticias, o candidato do Partido Verde (PV) à prefeitura de Amargosa, Rosalvinho Sales, teve a sua candidatura impugnada pelo Ministério Público Eleitoral. O promotor Jader Santos Alves se baseou na lei da Ficha Limpa para contestar o direito de Rosalvinho a concorrer ao cargo de prefeito. A coligação “A Força do Povo” também impugnou a candidatura de Sales tendo em vista as inúmeras irregularidades pelas quais o político é nacionalmente conhecido após uma gestão desastrosa entre os anos de 1996 e 2003 – período que não finalizou por ter tido o seu mandato cassado.
Recentemente o Ministério Público da Bahia entrou com uma ação contra Rosalvinho pedindo a execução de ressarcimento de 162 mil reais ao erário por danos que o ex-prefeito causou aos cofres municipais. Este é apenas um dos casos que tramitam atualmente na justiça contra Sales. Vale lembrar que o Ministério Público Eleitoral tem legitimidade para intervir no processo eleitoral para garantir o respeito à legislação, e a impugnação é um meio processual utilizado para impedir que candidatos que não atendem os requisitos da constituição e da legislação eleitoral postulem a cargos para mandatos eletivos.
É importante ainda ressaltar que o Rosalvinho Sales é réu em processos investigativos e criminais por acusações como emissão sistemática de cheques sem fundos, improbidade administrativa, desvio de recursos públicos, caixa dois, fraudes em licitações, emissão de notas fiscais falsas, danos ao erário municipal e federal, entre outros crimes.