quinta-feira, 28 de julho de 2016

Recôncavo News

Trio é preso em flagrante tentando aplicar golpe no interior da Bahia

Um homem e duas mulheres, suspeitos de integrar uma quadrilha de estelionatários, foram presos, na quarta-feira (27), em Tucano, no nordeste baiano, quando deixavam uma agência bancária, onde tentaram sacar R$ 75 mil referentes ao auxílio reclusão em nome de um preso que não consta no sistema da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP).
Os suspeitos são naturais de Uberlândia, em Minas Gerais, e foram identificados como Pamella Thaís da Silva Fortes, Liliane da Silva Muraro e Welton Francisco da Rocha. Avisado pela polícia sebre o golpe, o gerente da agência pediu para que o trio retornasse ao posto do INSS, pois havia ocorrido um problema no pedido do auxílio reclusão feito por Pamella, que usou documentos em nome de Loraine Medeiros. Assim que saíram do banco, eles receberam voz de prisão dos policiais, que já os aguardavam do lado de fora.
O coordenador da 25ª Coorpin/Euclides da Cunha, delegado Miguel Santos Filho, informou que a polícia conseguiu chegar até o trio de estelionatários depois de receber um telefonema informando o dia e a hora em que eles iriam tentar receber o dinheiro. Fonte: Agora na Bahia.