segunda-feira, 4 de julho de 2016

Recôncavo News

China termina construção de maior radiotelescópio do mundo para procurar extraterrestres

A China terminou ontem a construção do FAST, o maior radiotelescópio do mundo. A obra levou cerca de cinco anos para ser completada, custou US$ 180 milhões e provocou o desalojamento de 9 mil pessoas que moravam próximas à construção. O telescópio será usado para monitorar cerca de um milhão de estrelas e planetas que as orbitam em busca de pulsares (estrelas de nêutrons muito pequenas), ondas gravitacionais e, eventualmente, aminoácidos. Esses últimos são particularmente importantes, já que a sua presença pode indicar a existência de vida extraterrestre.

Dessa forma, espera-se que o FAST contribua de maneira significativa para pesquisas nas áreas de astronomia e física, por exemplo. Segundo o noticiário chinês Xinhua News, dos 10 Prêmios Nobel atribuídos a pesquisas relacionadas a cosmologia e espaço, seis foram viabilizados graças a radiotelescópios. A sigla FAST que dá nome ao telescópio significa Five-hundred meter Aperture Spherical Telescope, ou Telescópio Esférico com 500 metros de abertura. Seu tamanho faz dele o maior telescópio do mundo, muito além dos 300 metros do líder anterior, que fica em Puerto Rico. Ele contém 4450 painéis solares que cobrem uma área aproximadamente igual à de 30 campos de futebol. O Vídeo abaixo, em inglês, fala mais sobre ele:

Fonte: Olhar Digital.