segunda-feira, 27 de junho de 2016

Recôncavo News

SAJ: Renomado músico e designer Novaes Black faz duras críticas sobre o São João 2016

Os festejos juninos em 2016 teve um olhar a mais no circuito do evento, com uma visão apurada de quem entende do assunto, Novaes Black – muito conhecido no meio, se destaca em seu Perfil do Facebook, comentando todos os detalhes dos 4 dias do evento que aconteceu de 22 a 25 de Junho. Com bom humor e fazendo sempre criticas construtivas, Novaes recebeu muitos elogios em suas postagens. Confira:

Esse ano o São João não foi o esperado, faltou uma comissão de São João de verdade preparando o festejo, existiu um apagão na divulgação da festa, pois não existe secretaria de comunicação na Gestão e os escândalos acabaram um pouco com o brilho do evento. Atá as grandes marcas não associaram as suas empresas ao festejo, como a Trident, senti muita falta da arena Skol. Faltou divulgação e transmissão nas 3 rádios da cidade, faltou divulgação nas rádios de Salvador, mais fazer o que, a grade foi anunciada faltando 15 dias pra festa, outdoors começaram a entrar na BR com 8 dias. E não me venha falar de crise, pois tirando os 270 mil de Zezé dava pra arrumar muita coisa que faltou, atrações como essas devem ser estudadas antes de serem contratadas. Precisamos de uma lei municipal onde a gestão invista 70% do recurso destinados as contratações do São João a bandas de forró. Achei que faltou uma organização maior no geral do evento, de grade a mídia, de programação a ornamentação. Quando falamos de um São João grandioso não falamos só em festa não, falamos em renda pra nossa cidade, renda nos hotéis, renda pra restaurantes, lanchonetes e todo o comercio. Esse ano a frustração foi nítida na cara dos comerciantes, quem tinha casa pra alugar ficou decepcionado como eu, nunca alugaram tão poucas casas em Saj, desde quando o São João virou tradição. E ainda mais sem o domingo, acho que o domingo poderia ser uma dia pra criançada a festa começar mais cedo, com quadrilhas e brincadeiras juninas, e mais atrações para eles como Carla Peres que faz forró pra criançada, Tio Paulinho e até uma atração Teen pra jovens e criançada, e no coreto o palco alternativo para o Rock e o Pop tem que virar tradição. Eu com tudo isso gostei da festa, foi tranquila e sem aperto, mas precisamos tratar nosso São João como um bem maior, nossa cidade não é turística e o festejo precisa ser pensando o ano todo, uma festa com um tema a cada ano e decoração dentro desse tema, mídia na TV e em todas as rádios, o festejo tem que ser lançado logo após o carnaval pois quem ganha com isso é o nosso povo e nossa cidade, espero que ano que vem seja bem diferente pois nossa cidade não merece perder o titulo do melhor São João da Bahia com um São João (CHULO).

Fonte: Hora da Notícia.