quinta-feira, 30 de junho de 2016

Recôncavo News

Mulher manda matar irmão para vender bens de família

Sete pessoas foram presas em João Pessoa nesta quarta-feira (29) após as conclusões da investigação sobre um assalto forjado. Segundo informações do R7, Marco Antonio Filho, de 28 anos, foi morto à mando da irmã Maria Celeste de Medeiros Nascimento. A suspeita teria encomendado o assassinato para vender os bens da família. Outras seis pessoas foram presas no caso.

A família havia aberto uma padaria seis meses antes do crime. No dia da execução, Maria Celeste não estava no caixa, onde costumava ficar. Dois assaltantes entraram no estabelecimento e mataram Marco com um tiro na cabeça. A irmã planejava pagar R$ 13 mil pelo crime e fugir da Paraíba.

Durante a investigação, a polícia apreendeu o celular de um dos suspeitos, onde havia mensagens de cobrança. Em entrevista, os próprios envolvidos demonstraram indignação com a atitude da mulher. "Se a gente soubesse que era irmão, a gente tinha matado ela (sic). Ela falou que o cara estava roubando ela", disse um dos presos. Fonte: Folha do Estado.