segunda-feira, 27 de junho de 2016

Recôncavo News

Criança baiana de 11 anos é morta por guardas municipais em São Paulo

Um garoto de 11 anos foi morto neste domingo na cidade de São Paulo por guardas municipais durante uma perseguição com troca de tiros. Natural da cidade de Brumado, no sudoeste baiano, Waldick Silva Chagas estava no banco traseiro de um carro ocupado por dois homens e estariam praticando assaltos na zona leste da capital.

Segundo o site G1, o caso foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa. Em nota, a Prefeitura de São Paulo informou que "ordenou apuração rigorosa do ocorrido e afastamento dos agentes da Guarda Civil Metropolitana envolvidos” no caso.

É o segundo caso em menos de um mês da morte de uma criança em abordagem de agentes de segurança. No dia 2 de junho, o menino Italo, de dez anos, foi morto a tiros por policiais militares durante uma perseguição na zona sul de São Paulo.