quinta-feira, 12 de maio de 2016

Recôncavo News

Supremo Tribunal Federal abre inquérito para investigar Aécio Neves

A alegria de Aécio Neves (PSDB) em relação à votação do Senado Federal sobre o impeachment durou pouco. Isso porque o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a abertura de inquérito contra o tucano, requerida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
O trecho do texto registrado no acompanhamento processual aponta que foi “determinada a remessa dos autos à Corregedoria-Geral de Polícia Federal para providenciar as inquirições e diligências requisitadas na representação, [com] prazo de noventa dias”.
Vale lembrar que Aécio Neves falou, por meio de nota, na última terça (11), que estava convicto de que as investigações comprovarão a falsidade das citações feitas e considerou natural e necessário que investigações sejam feitas.
Constam nas manifestações de Janot, além das acusações contra o senador feitas pelo doleiro Alberto Yousseff em delação premiada, surgiram “fatos novos” a partir da delação do senador cassado Delcídio do Amaral, ex-líder do governo no Senado Federal. Fonte: Varela Notícias.