segunda-feira, 30 de maio de 2016

Recôncavo News

Seis envolvidos em estupro coletivo já são considerados foragidos da Justiça

Todos os seis procurados pela polícia, envolvidos no estupro coletivo sofrido por uma adolescente de 16 anos no Morro do Barão, na Praça Seca, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, já são considerados foragidos da Justiça. Isso porque, segundo o diretor do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), Ronaldo de Oliveira, eles não foram encontrados durante operação feita nesta manhã.

Os procurados são Sérgio Luiz da Silva Júnior, conhecido como Da Russa; Marcelo Miranda da Cruz Correa; Raphael Assis Duarte Belo; Michel Brasil da Silva; Lucas Perdomo Duarte Santos; e Raí de Souza. Da Russa é o chefe do tráfico do Morro do Barão, na Praça Seca.

Os agentes, com apoio de outras unidades da Polícia Civil, estiveram em comunidades como Cidade de Deus e Rola, além dos bairros do Recreio dos Bandeirantes, Taquara e Praça Seca, todos na Zona Oeste. Fonte: Ibahia.