quarta-feira, 18 de maio de 2016

Recôncavo News

Kátia Vargas vai a júri popular por morte de irmãos, após STF negar recurso

O pedido da defesa da médica oftalmologista Kátia Vargas Leal Pereira, de 48 anos, para que ela não fosse a júri popular, foi negado, na última segunda-feira (16), pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A médica é acusada de ter provocado o acidente que matou os irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias, em outubro de 2013.

Esta era a última solicitação que a defesa poderia fazer, já que Kátia, com o mesmo pedido, havia recorrido ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que também não aceitou. A responsável pela decisão foi a ministra Carmem Lúcia. O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) também tinha negado o recurso em 2014. Ainda não se sabe quando o julgamento vai acontecer. O acidente que matou os irmãos aconteceu em 11 de outubro de 2013. Kátia foi indiciada por duplo homicídio triplamente qualificado. Fonte: Metro1.