terça-feira, 17 de maio de 2016

Recôncavo News

Jovem de 20 anos que sofreu abuso sexual por dez anos é autorizada a cometer suicídio

Uma jovem que foi vítima de abuso sexual dos 5 aos 15 anos foi autorizada a se submeter a um procedimento que a matará. A mulher de 20 anos, e que não teve a sua identidade revelada, sofria de estresse pós-traumático, depressão crônica, anorexia severa e tinha alucinações.

Mesmo após ter se submetido a diversos tratamentos e também à terapia intensiva, os médicos acreditavam que suas questões não teriam cura. Com isso, há dois anos eles concordaram com a eutanásia da jovem, através de uma injeção letal. A decisão foi tomada pela Comissão de Eutanásia da Holanda e gerou polêmica.

Para o parlamentar Robert Flello, “um procedimento desses quase manda a mensagem de que se você é vítima de abuso e consequentemente fica com problemas mentais, será morta. Você está sendo punida com a morte por ser uma vítima”. Fonte: MegaCurioso.