quinta-feira, 12 de maio de 2016

Recôncavo News

Interior da Bahia: Homem é preso em flagrante após matar mecânico

O motorista Luiz Leite Lopes, 46 anos foi preso em flagrante, na noite desta quarta-feira (11), por volta das 21h50, por uma guarnição da 65ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), após ter assassinado Antônio Carlos Jaqueira dos Anjos, que era conhecido como Tonhe Chapista, 57 anos, com uma facada no peito. Ambos moradores do bairro Jardim Cruzeiro.

Segundo informações de testemunhas, Luiz e Tonhe Chapista aparentemente eram amigos e estavam fazendo usos de bebidas alcoólicas em um barzinho, localizado na Rua Porto Seguro, nas proximidades com o cruzamento da Rua Brumado, no bairro Jardim Cruzeiro. Ainda de acordo com testemunhas, de uma hora para outra se desentenderam e Luiz pegou uma faca de serra que estava na mesa e desferiu o golpe acertando o peito da vitima.

Tonhe Chapista caiu ao chão, ensanguentado, enquanto, Luiz tentou fugir, mas foi detido por um grupo de moradores. Por pouco o acusado não foi espancado por alguns moradores que se revoltaram com atitude do mesmo. Mas, a guarnição da 65ª CIPM que fazia rondas pelo bairro passava pelo local e prendeu o motorista em flagrante.

Uma equipe do SAMU foi acionada, mas quando chegou, a vitima estava sem vida. Os policiais militares conduziram Luiz para Central de Flagrante do Complexo de Delegacias do Sobradinho, onde foi autuado em flagrante por homicídio. Na delegacia, o acusado afirmou que estava bêbado e não lembra muito do que aconteceu.

“Estava bebendo com ele desde cedo, mas ele chegou, disse uma coisa que não entendi muito, porque eu estava bêbado, ele também estava bêbado, achei que ele me desafiou, peguei a faca que estava na mesa e fui pra cima dele, mas não tinha intenção nenhuma de furar, mas, eu não furei, lembro que dei uma tapa nos peito dele, eu não queria fazer isso, a gente se conhecia e bebíamos juntos”, disse o motorista.

Policiais plantonistas da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), juntamente com peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), compareceram ao local do crime, onde realizaram o levantamento cadavérico e iniciaram as primeiras investigações. Fonte: Folha do Estado.