quinta-feira, 19 de maio de 2016

Recôncavo News

Garoto de 13 anos com várias passagens pela polícia é executado com 6 tiros

Um garoto de 13 anos foi morto com seis tiros no final da manhã deste domingo (15) na Feira Permanente do Setor O, conhecida como Feira do Rolo, no Distrito Federal. Testemunhas afirmam que um homem chegou ao local já atirando contra a vítima e depois fugiu. Um rapaz de 24 anos que fazia compras no local foi atingido de raspão no ombro e recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros. A Polícia Civil investiga o caso. A suspeita é de que tenha havido um acerto de contas. O adolescente levou quatro tiros no rosto, um de raspão no pescoço e outro no ombro. Morador do Setor Habitacional Sol Nascente, ele tinha antecedentes criminais por homicídio, receptação e roubo.



Segundo a polícia, o jovem recentemente foi reconhecido como autor de uma tentativa de latrocínio, por ter dado uma facada em um homem de quem queria roubar o celular. O menino havia sido apreendido pela última vez havia duas semanas. Familiares e amigos do garoto afirmaram à Polícia Militar que ele tinha rixa com outros jovens da região. “Tem um suspeito, que é maior de idade, com várias passagens de homicídio e roubo. A PM está no encalço dele, e a Polícia Civil está a cargo da investigação”, disse o tenente Herison de Oliveira Bezerra.



O local do crime foi isolado, e policiais afastaram curiosos. Ambulantes mudaram de local para manter o serviço. Alvo de diversas operações por causa do comércio de produtos piratas, drogas e armas, a Feira do Rolo tem estrutura diferente da habitual: as mercadorias ficam estendidas em lençóis no chão ou dentro do porta-malas de carros. O tenente informou que um carro da corporação havia passado pouco antes dos tiros no local para monitorar a movimentação. “Está existindo uma guerra aqui entre supostas gangues na região, a PM está intensificando policiamento, mas eles esperam a viatura passar para efetuar os crimes.” Fonte: G1.