terça-feira, 26 de abril de 2016

Recôncavo News

MP determina demolição de casas que serão inauguradas por Dilma na Bahia

Um processo movido pelo Ministério Público da Bahia, ordenou que o juiz Ruy Eduardo Almeida Britto determinasse a demolição de partes do conjunto habitacional da Ceasa (em Salvador), que faz parte do programa do Governo Federal, Minha Casa, Minha Vida.
O motivo, de acordo com o MP, é a falta de análise de impacto ambiental, além de que, a obra fora realizada próxima à Represa Ipitanga II, o que poderia prejudicar a utilização da nascente para o abastecimento de 2 milhões de pessoas.
A decisão judicial de destruir as casas foi decretada ontem (24), e divulgada nesta segunda-feira (25), véspera da visita da presidente Dilma Rousseff (PT) à Salvador, para inaugurar as construções do conjunto que fica nas imediações da represa.
Além das demolições, o magistrado pediu também a suspensão, pela secretaria de Urbanismo, do alvará e da retirada do “Habite-se”. Caso a decisão não seja cumprida, uma multa diária de R$ 20 mil será aplicada. Fonte: Varela Notícias.