terça-feira, 12 de abril de 2016

Recôncavo News

Feira de Santana: Corpo é encontrado sem cabeça em matagal e com as mãos amarradas

Um corpo sem a cabeça foi encontrado na tarde desta terça-feira (12), em um matagal nos fundos do Conjunto Penal de Feira de Santana, no bairro Aviário.

De acordo com a polícia, pode se tratar do corpo de Pedro Gonzaga Neto, 21 anos, que teve somente a cabeça encontrada na manhã do dia 26 de março, no conjunto Feira VII. A cabeça estava em uma mochila que foi abandonada em uma barraca da feira livre do conjunto. 

O Delegado Carlos Lins, da Delegacia de Homicídios, e peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) estiveram no local e removeram o corpo. A vítima estava com as mãos amarradas para trás e o corpo estava em estado avançado de decomposição. No local foi encontrada a faca provavelmente usada para decapitar a vítima.

“Foi uma investigação constante e difícil. A família fez várias tentativas de achar o corpo, inclusive houve uma missão difícil do Corpo de Bombeiros que desceu uma cisterna após denúncia de que teria encontrado os restos mortais da vítima, mas encontrou restos de animais. Parece que esta novela chegou ao fim no dia de hoje. 

A Polícia Civil teve informações de que o resto do corpo poderia estar aqui nesta mata e fizemos vários caminhos até encontramos este corpo nesta área enorme e de difícil acesso. Havia uma corda que estava amarrada ao corpo, provavelmente ele foi trazido, amarrado e morto. 

Cortaram a cabeça provavelmente aqui, colocaram na mochila e levaram até outro bairro. Encontramos a faca provavelmente usada para decapitar a vítima e resto de roupa”, disse o delegado ao Acorda Cidade.
A polícia já tem nomes de suspeitos e a motivação tem a ver, supostamente, por motivo de vingança. “Pedro tinha amizade com uma pessoa e essa pessoa ou ele teria tentado cantar a namorada do acusado. Ele entendeu que Pedro e o outro deduraram o acusado. 

Pelo visto o acusado armou uma emboscada, teria chamado a vítima para beber aqui próximo e lá amarraram a vítima onde provavelmente foi morta”, concluiu. Somente após exames a identidade da vítima será confirmada. Fonte: Acorda Cidade.